Pra ontem!

Esse post aqui é só pra deixar registrado que o mês de março existiu, e não passou (tão) em branco. (E também que não consegui postar antes da meia noite do dia 31).
Ai que sofro de um mal que tenho consciência e quero de todo coração melhorar. Faço planos demais e não executo nem 1/3. Simples assim de explicar e igualmente difícil de mudar.
Estou com uma lista de projetos pra começar, outros pra terminar. E uns três textos pra publicar mas que teimo em achar que não estão prontos o suficiente.
Olha, esse negócio de “feito é melhor que perfeito”, “não deixe para amanhã o que pode fazer hoje”, “just do it” e por aí vai, são muito motivadores mas não funcionam tão bem se você não exercitar sua habilidade de execução de tarefas. Para que enfim ela se torne e um hábito e faça parte da sua rotina de uma vez.

Afinal, tempo a gente tem. O que não ‘tá tendo’ é produtividade.

albert_einstein_falta_de_tempo_e_des_wl

Já ouviu falar da Teoria de Pareto ou Regra do 80-20? Provavelmente assim como eu você já ouviu falar, mas esqueceu com o tempo. Então dá a mão aqui que recordaremos juntos.
Ou se não tem ideia do que estou falando mesmo, segue a leitura.

Pareto foi um italiano que identificou esse método pela primeira vez, e por esse motivo a teoria 80-20 recebe o nome dele. Resumindo e trazendo para o assunto produtividade, se você focar, se dedicar e finalizar 20% do que você tem a fazer é muito provável que você atinja 80% da produtividade ou sucesso esperado ao longo do tempo. Isso porquê geralmente acabamos nos perdendo nas tarefas e dando atenção às não tão importantes primeiro. Então se organiza aí. E priorize as prioridades, Amizade!

Eu li um texto no site Produtividade Ninja e eles usam um exemplo muito bom e simples, então dá um clique que a leitura é rápida e fácil. Se ainda está difícil, dá um Google. Mas é claro!rs

Não é aqui que você vai saber de onde a teoria surgiu, para onde foi e porquê veio. Mas você pode lembrar dela quando estiver meio perdido entre as suas tarefas e usando o tempo de forma errada.

Para te ajudar e me ajudar, assista ao Shia LaBeouf dizendo para você fazer o que tem que ser feito. E fazer agora. Pra ontem.

Dica (deixar esse video nos seus favoritos e assistir periodicamente) 😉

Anúncios

Listas e Resoluções de Ano Novo

Janeiro, checked! O mês acaba hoje mas ainda da tempo de começar uma lista de resoluções para o ano novo. Afinal em Janeiro tem muita gente de férias, e ainda tem aqueles que começam o ano mesmo só depois do carnaval. Então, dá tempo sim. Essa é a hora que a gente faz meta, promessa, planeja. Eita momento bom é começar algo. E todo ano a gente saboreia esse gostinho de folha em branco, cheia de possibilidades. E pra se manter engajado em cumprir todos os itens, acredito que estar com ela sempre a mão para dar uma olhada aumenta a possibilidade de realmente realizar o que foi escrito. E ainda te possibilita aquela sensação gostosa de “riscar” o que já foi feito.

scketch pratransbordar caelndarios.jpg

Eu faço uso de listas há um tempo. Aprendi quando mais nova com a minha mãe, que me fazia listas para que eu fosse até o mercadinho perto de casa comprar aquelas coisas de última hora e não esquecesse nada. Porque sem lista isso acontecia (só ás vezes rs). E reforcei o legado com a minha irmã que faz lista até hoje quando vai pra qualquer lugar e quando me manda ir em qualquer lugar também. rs Faço desde a lista mais comum das compras de casa no supermercado, até a lista de assuntos que quero conversar com uma amiga (no caso de muito tempo se ver, pra não esquecer nada rs). Pareço a louca da listas, eu sei. Mas ajuda tanto. Afinal todo mundo é um pouco esquecido com tantas tarefas que acumulamos no dia a dia.

Olha só o tanto de listas possíveis no nosso dia a dia e ás vezes a gente nem percebe. Ir ao shopping com uma lista do que realmente precisa ser comprado por lá. Listas de pratos em um jantar especial. Lista de ideias. Musicas que quero baixar. Livros que quero ler e livros que li. Sem contar profissionalmente. Fazer um “To Do” (para fazer em inglês) ajuda muito na organização.

Para ajudar nessa operação toda eu conheci um aplicativo há mais ou menos um ano chamado WorkFlowy – “Organize seu cérebro”. É um app para fazer listas. E você pode acessá-lo também na web pelo computador, e ter acesso para editar tudo o que colocou lá. Sensacional, eu sei!rs O Workflowy é gratuito e você pode baixar no celular com Android ou IOS.

Esse vídeo explica o que é o WorkFlowy e no final ele diz “assine agora. Antes que você esqueça”. Porque é isso o que acontece quando a gente não anota algumas coisas, não é mesmo?!

 No final da página onde você organiza suas listas tem uma frase fixada, discretamente, dizendo “Make lists. Not war.” Faça listas. Não guerra. Muito amor! Eu adorei! Afinal nada prático ter listas em vários lugares diferentes, como agendas, cadernos, bloco de notas no celular, algumas no email… Difícil lembrar de todas elas e mantê-las atualizadas. Sem contar que você pode perdê-las. E perder ideias nunca é bom.

Ele funciona como um workflow mesmo, você pode adicionar vários sub itens. E ainda pode riscá-los quando completados. Ou seja, próprio para traçar objetivos e cumpri-los. Sem pressão! Só fica a dica ali de “riscar” quando tiver feito aquilo.

Então, bora se organizar por aí! E começar a riscar essa lista de resoluções de 2016.